quinta-feira, outubro 11, 2007

Um Toque da imaginação !









Olhar de perguntar...





Voava um sonho adormecido
Na margem sul de um tempo qualquer
Desenhando um silêncio esquecido
Por céu de estrelas orvalhado




...E as mãos que hão-de acontecer
Num presente do tempo já passado.




Dançavam olhos de perguntar...
Com urgência de olhar na tarde
Os abraços de verde mar
Adoçando a boca no inverso
Do beijo que nos lábios arde.




A volúpia da imaginação...
Descia, escorrendo pelos seios
Sussurros que cabem na mão
E circulam em tempo rasgado
Por dedos de sonhos alheios.





Acorda o sonho um dia! Sentado
Na memória do cume do beijo
E no dorso do tempo fica parado
Em noite com odores a desejo
Lembrando um Amor que vai acontecer
Num futuro despido de passado.











1 comentário:

Nuno Migueis disse...

Meus olhos perguntam, de onde te nasce tanta inspiração?
És um bálsamo!

Beijinhos, miúda linda.

Nuno