quarta-feira, setembro 27, 2006

Um Toque de procura !

Encontro-me...

Procuro...
Um lago de água...pura
Que desenhe olhares de maresia
E abrace marés de mão cheia.

Para...
Saciar este luar de ternura
Perfumar a noite...do dia
Sentir a saudade da Lua na areia.

Procuro...
Um par capaz de dançar
A brisa calma de uma valsa
Um tango de sedução envolvente.

Para...
Alguns silêncios partilhar
Aprender uma melodia descalça
E vestir-se da minha pele quente.

Procuro um colorido...jardim
Um mar que se faça...presente
Um sonho em tons de rosa carmim.

(Procuro-me... em ti ?)

Su@vissima

3 comentários:

nan disse...

...."e abrace marés de mão cheia."

quer dizer, vou fazer-te uma proposta, que vais recusar, mas pronto:
antes de publicares muitos dos teus poemas, dá-mos a ler que, muitos deles, eu compro!
:)

Barão da Tróia II disse...

Bonito. Bom fim de semana.

Pierrot disse...

E eu em ti...
Uma procura que não tem caminho nem tempo, cansaço ou vontade.
Uma procura quase incosnciente, com um rosto de quem teve um dia uma visão, e que a partir daí não mais deixou de te procurar.
Lindo poema Suavissima...lindo
Bjos daqui
Eugénio