segunda-feira, setembro 17, 2007

Um Toque mão na mão !







Ombro no ombro



Persegue-me este desejo antigo
De caminharmos pela areia
Sob o tecto do luar de Lua cheia
Sentir-te meu porto de abrigo
Mão que na mão, quer dançar
Ombro no ombro a segredar.


Mãos que se entrelaçam...
Que se apertam a descobrir
O que a outra mão, faz sentir
Linhas da vida que se encontram
Dedos ávidos a acariciar
Num corpo, por inventar.


O teu ombro fala com o meu
Dançando do tango, a sedução
Oiço-te o bater do coração
Quando me salpicas os lábios do teu
Aroma de canela e doce mar
Ombro no ombro a namorar.


Persegue-me este desejo de hoje
Caminhar contigo à minha, beira-mar
De mão dada e o teu ombro, amorar.

Su@vissima








1 comentário:

Luana disse...

Este teu perfume é delicioso.

Beijinhosssss

Lu