segunda-feira, julho 24, 2006

O Toque de uma borboleta !


Une papillon...

Nascida em tons de seda...
Em notas soltas musicada
De um porte assaz elegante
Pela natureza pincelada...
De olhar e aroma galante
Num voo doce e sereno.

Vestida em tons de arco-íris
Despe-se para voar, ansiosa.

Nas cores de uma imensa paleta
Brilha ao Sol silenciosa...
E uma mulher feita borboleta
Voa por entre uma flor sedosa.
Borboleta de voo sorridente
Que beijas a brisa de Verão...
Fecunda o meu jardim ausente...
Perfuma o seu coração...
Que eu sinto em delírio pungente.

Cantando à aurora do dia...
Palavras soltas em poesia.

4 comentários:

Pierrot disse...

Já vi que aprecias as borboletas...
Giro.
Grande texto
Bjs
Eugénio Rodrigues

juka disse...

Líndissima postagem. Adorei

Maresi@ disse...

lindo esse poema... suave e subtil...Voltarei breve
´
Beijo Maresi@

Incenso do Desejo disse...

Lindo poema, todo ele envolto na suavidade, com uma imagem a condizer. Bjos