segunda-feira, fevereiro 05, 2007

O Toque de uma carta de Amor !





Cartas de amor...


As tuas palavras quentes
São o lençol em que amanheço
Acordando de odores vagos
Nestes teus sabores ausentes
Que abraço quando anoiteço.


Abraças-me de longe
E as palavras ganham vida
Se tocam e sobem pela pele perdida
E a boca te chama quase
De palavras tuas esquecida
Ao sentir-te o sabor a sonho.


Escrevia-te cartas de Amor...
Mas hoje sabem-me a pouco
Assaltou-me este desejo louco
De te desenhar o céu no quarto.

Queria escrever-te uma carta de Amor
Mas esqueci-me das palavras...
Quando a tua boca pediu à minha...
Que te pintasse os lábios da minha cor.

Su@vissima

7 comentários:

Barão da Tróia II disse...

toda a gente devia receber uma carta assim, boa semana.

Unicus disse...

Então os lábios escreveram as palavras..
Beijinhos

Anónimo disse...

dava o meu ordenado e mais um bocadinho.... para ver a cara do"feiticeiro" no fim de ler esta missiva...

sortudo ser amado assim--

encantas-me

um beijo....PANDORA

Tuche disse...

Cartas de Amor!!!

Quem as não tem??

Felizmente tenho muitas...

Deixo-te um beijo suave querida amiga

Antonio disse...

O amor numa carta.....numas palavras...es muito romantica....tou como a Pandora....ela com o " ordenado" e eu com o " bocadito"...Bom fim de semana..suavissimo.....com brisa de mar...e de amor.....

Pierrot disse...

Suavissima
Não tenho sido um visitante assiduo, é verdade, mas quando cá venho naõ deixo de me pasmar com estas tuas palavras.
Um poema, uma boca, um olhar...que linda carta de amor.
Bjos daqui
Eugénio

Anónimo disse...

" ...Quando a tua boca pediu à minha...
Que te pintasse os lábios da minha cor..."

Simplesmente sublime,
imagem gravada em tela de branco lavada
onde pinto com mão firme,
os lábios da minha amada
Bem hajas
Anoldguy