quinta-feira, agosto 03, 2006

Um Toque a nascer !



O Sol nascia...


Sabes o que sonhei?
Com as sabrinas de bailarina...
Que me ofereceste, era bem pequenina
Esta noite foi com elas que dancei
Por entre a inocência dos olhos de menina.


Ouvi a tua voz...
Nascia o Sol por entre a cortina
(Parabéns no teu dia, estrelinha)
Mais uma estrela, acaba de nascer!
Parabéns para ti mãe...
Que fizeste a constelação crescer!


Eras a minha estrela de aurora
Acendias-me a alma com o teu sorriso
Sempre que me anoitecia o olhar
O teu céu perfumado de doce de amora
Vestia-me de azul verde do mar
E penteavas-me os cabelos de Paz...
Com laçarotes de Amor a enfeitar.


Os teus passos descalços
Mostraram-me o caminho do voar...
E no silêncio dos sonhos passados...
Oiço o eco do teu caminhar.
(Saudade mãe querida)

2 comentários:

Bia (min_lx) disse...

...

:)

veludinho para ti

Pierrot disse...

Mais um poema tremendo.
Tu tens um dom e acredito que um dia, mais tarde ou mais cedo, darás nas vistas e poderás ter o teu trabalho reconhecido num livro, numa compilação.
Parabéns, para não variar.
Bjs
Eugénio Rodrigues