sábado, outubro 28, 2006

O Toque das gotas !


Sem ti...

Passeei ontem à beira-mar...

Gotas de chuva caíam-me aos pés
Misturadas com gotas de fúria no ar.

E a beira-mar gemia...
Enquanto a chuva, meus pés lambia
E as minhas gotas eram de nostalgia
Do tempo em que o Sol tudo me
Oferecia...

Mas o Sol esqueceu...
Remou a Oeste...desapareceu.
E as gotas caíam...
Pelo rosto desciam...
Neste dia sem Sol...escuro como breu!

Chega a Lua "num véu de luar"
A fúria do desamor se esfuma no ar
Fez-se tempo de Luz...
Fez-se tempo de tudo...
No dia do todo se abraçar.

6 comentários:

Bandida disse...

um belissimo toque...






Abraço!
_____________________

Betty Branco Martins disse...

olá Suavissima

Belíssimo o teu poema

"Chega a Lua "num véu de luar"

Beijinhos

Bom resto de domingo

Anónimo disse...

Lindo.............continua! Parabéns faty

Pierrot disse...

Arrepiei-me quando pegaste no asunto pelas Gotas...
Depois do teu lindo poema que colocaste e jeito de comentário, este trouxe-mo à memória.
Muito bom
Parabéns
Bjos daqui
Eugénio

Abssinto disse...

"SEMPRE QUE BRILHA O SOL NAQUELA PRAAAAAAAAAAAAIAA..."

;)

Foundation disse...

This is particularly beautiful - special.