quarta-feira, outubro 11, 2006

Um Toque a deslizar !




Deslizas em mim...

(Eu queria ter olhos de poesia...
E que o meu olhar, fosse a luz do teu dia)

O teu olhar desliza em mim...
Quando abraçados falámos à Lua
Cheia...ali mesmo à beira-mar
E ela, desenhou-se na tua pele nua
Durante o nosso breve dançar.


O teu olhar desliza em mim...
De momento a...momento
Tatuas-me o corpo de querer
E poro a poro do meu pensamento
Invades numa onda de saber.


O teu olhar desliza em mim...
Na curvatura do meu seio
Acompanhando os teus dedos
Que escorrem pelo meio
Desvendando os meus segredos.


O teu olhar desliza em mim...
No leito da minha margem
E envolve-me na doce intimidade
Dos teus lábios, que em louca viagem
Me deixaram gotículas de saudade.

5 comentários:

Abssinto disse...

O olha desliza porque tu és suave.... Lindo.

Hugo

POETA disse...

Gostei...

Demonstra a tua enorme sensibiliade...escrevendo e amando.
Parabéns!

francis disse...

São quase 11 horas. Nada melhor que um poema destes cheio de alma e substância para me abrir o apetite! :-)

Manel do Montado disse...

Está maravilhosamente belo. Amar assim alguém faz (deveria) do destinatário um privilegiado do mundo das emoções positivas.
Beijo

Abssinto disse...

...Ai esta foto!! (mordendo um lábio)