terça-feira, junho 13, 2006

O Toque da ausência !



A tua ausência...

A tua ausência, abraça-me,
Veste-me de ti...
Desnudando-me de mim,
E o sentir aquieta-me...
Quando adormeço o ser.
O pensamento chega, e toca-me,
Como se fosses tu...
Deixo-me embalar,
Lembrando a tua boca a deslizar.
O meu corpo abraça a falta...
Que a tua alma me faz.
Nega-se ao tempo, e volta atrás,
Sinto a tua respiração...
Pergunto qual a razão?
Da saudade de não te saber...
O calor da pele...
O toque de mel...
O sabor do beijo...

Deixo-me envolver,
Nas asas do teu desejo!

Su@vissima

4 comentários:

Tuche disse...

Como é bom estar apaixonada amiga :))

Mil beijos e saudades de tu

Bia (min_lx) disse...

andas mesmo inspirada!!!

cada um melhor que o outro.

espero que o destinatário, esteja consciente do que desperta e livre para poder aproveitar o que de bom lhe ofereces.

veludinho para ti

Anónimo disse...

Ler o seu blogue, passou a ser um acto compulsivo.
Não pára de me surpreender.
Um beijo.
António Luis

Pierrot disse...

Este texto fez-me lembrar "as asas do desejo", um filme que vi há alguns anos, de Wenders penso eu.
E tal como o filme, está "embalante".
O pensamento toca como se fosse alguém...
Parabéns
Bjs
Eugénio