quinta-feira, junho 29, 2006

Um Toque do Amor !

O verbo Amar...

Vestiu-se para Amar...
Como se fosse o primeiro...
Colheu rosas para desfolhar
Pétalas vermelhas de paixão,
Para a noite do Amor, adornar.

Vestiu-se para Amar...
Como se fosse o derradeiro...
Preparou velas de aromatizar
Odores a mel, baunilha e canela,
Para a noite do Amor, perfumar.

Vestiu-se para Amar...
Esperando o homem da sua vida...
E acendeu o desejo no olhar
Que iriam espalhar nas velas da noite,
Mas o Amor, comunicou a adiar.

Faltou amor no amor?
Despiu-se o Amor?
Ama sem o verbo amar conjugar!

3 comentários:

Pierrot disse...

Que coisa mais linda...
Sugiro-te que leias o meu çpoema amar... Tão parecidos...bolas!!!
Bjs
Parabéns
Eugénio Rodrigues

Bia (min_lx) disse...

Esse é "gajo" é parvo, só pode, ehehehe, ... ;)

Bonitas as palavras, bonita a imagem ... :)

veludinho para ti

Anónimo disse...

Eu sempre gostei de definir que amar e poder praticar todos os verbos em todos os tempos com A pessoa. Gostei muito do poema e vou voltar para ler o resto :))))

beijos

Stela aka jay